segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Cia. Garatuja de Artes Cênicas: Ultimas apresentações de Ikuâni!

Cia. Garatuja de Artes Cênicas: Ultimas apresentações de Ikuâni!: Nos dias 26 e 27 de janeiro as 20h no Encena no Arena do SESC, a Cia. Garatuja de Artes Cênicas, fará suas as ultimas apresentações  do esp...

Ultimas apresentações de Ikuâni!

Nos dias 26 e 27 de janeiro as 20h no Encena no Arena do SESC, a Cia. Garatuja de Artes Cênicas, fará suas as ultimas apresentações  do espetáculo de Teatro e Dança, "Ikuãni" no Teatro de Arena do SESC. 

Próximas apresentações fechando datas em: Porto Velho, Jí Parana, Brasilia e Goias em 2018.

A Composição dramatúrgica e cênica de Ikuãni e baseada na pesquisa da decodificação do cotidiano da mulher Huni Kuin, trabalho cênico comprometido com a ancestralidade,  estética e plasticidade da cultura indígena do Acre.

Fotos de Talita Oliveira.

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

PROJETO ENCENA NO ARENA SESC ACRE APRESENTA - IKUÃNI


PROJETO ENCENA NO ARENA SESC ACRE APRESENTA - IKUÃNI
Release.
A figura da mulher da floresta, mulher amazônida , detentora   de uma ancestralidade feminina do tempo antes do tempo, quando mundo era livre dos homens maus . Ikuãni vive em um mundo  de liberdade, onde o ser, era o ser, o ser que sente a vibração  do Nixi paem do Kene da jiboia se  mostrando um só mundo. O trabalho cênico e teórico “Ikuãni” trata da decodificação da movimentação cotidiana da mulher Huni kuin*. A linguagem do corpo em movimento durante seus afazeres e sua organização estética, coreográfica, ritualística a musical ocupam um lugar fundamental no desempenho do ritual das tradições indígenas, são objeto de pesquisa profunda neste trabalho.
Ikuãni está em sua terceira temporada, seu  processo de criação dramatúrgica e cênica deu-se em 2014 na aldeia Lago Lindo no Jordão. Em Rio Branco, estreia em 2015. Em 2016, foi apresentado o seu conteúdo da pesquisa no IX Seminário de Dança da Faculdade Angel Vianna do Rio de Janeiro. Em 2016 e  2017 circulou em diversos municípios do Acre, através do Edital Circulação Jamaxi Cultural. Obteve um grande destaque na cidade do Rio de Janeiro, onde se apresentou no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro durante o X Seminário de Dança Angel Vianna, com o tema “Corpo Filósofo”, nos dias 18 a 21 de novembro de 2017,  durante essa imersão poética, mostrou cenicamente o ritual da comunhão do Nixipaem (chá da Ayawaska tomado exclusivamente pelos indígenas do Estado do Acre) essa cena mostra o cuidado e a entrega aos momentos espirituais. Toda movimentação cênica é baseada nas mirações  como são chamada as visões;  o chá faz parte das sessões de cura do  povo Huni kuin de onde vem toda fonte de pesquisa da intérprete, trazendo desta forma,  as tradições do povo originário da forma mais crua possível em cena.
 SERVIÇO:
TRABALHO CÊNICO – IKUÃNI
REALIZAÇÃO – CIA GARATUJA DE ARTES CÊNICAS
LOCAL- SESC ACRE
TODOS OS SÁBADOS E 26 DE JANEIRO DE 2018
HORÁRIO – 20H
CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA – 14 ANOS
INGRESSOS – R$ 20,00 (INTEIRA) E R$ 10,00 (MEIA)
FICHA TÉCNICA:
Intérprete, pesquisa, e coreografia..........................................Regina Maciel
Diretor Cênico.......................................................................Ivan de Castela
Trilha Sonora.........................................................................Larissa Pontes
Iluminação.............................................................................Junior Uchoa
Maquiagem............................................................................Marina  Luckner
Artes visuais...........................................................................Marcos Dhemuthy
Fotos.....................................................................................Talita Oliveira
Produção...............................................................................Núbia Alves
Contatos: Regina Maciel 068 996056290
ciagaratuja@yahoo.com.br





quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Quem é a Cia. Garatuja de Artes Cênicas.


           A companhia surgiu no ano de 1990 como Cia. de Teatro Garatuja, só em 2001 modificamos devido uma nova vertente que surgia a Dança contemporânea, hoje trabalhamos diversas linguagens e modalidades de teatro e dança. Essa companhia se tornou a maior companhia de teatro e dança do Acre com referencias em todo o estado tanto com teatro quanto com a dança. Realizamos hoje o maior evento de dança do estado Mostra Garatuja de Dança e o Festival de Dança do Aquiry. Prêmios: 2005 – Funarte Petrobras com Chapurys 2006 – Chico Mendes de Florestania com Chapurys. 2006 – Prêmio Funarte Miriam Muniz de Fomento ao Teatro com Rosa Vermelha. 2007 – Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna com Estágio Modular da Dança. 2008 – Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna com A Saga de Yo Bá 2009 e 2010, estagio Modular da Dança II em 2011.
          Realizamos o projeto Laboratório da Dramaturgia do Corpo em 2013 no Amazônia Cultural e pelo Fundo Estadual, onde tivemos a oportunidade de estamos na comunidade do Crôa, e no rio Gregório com o Povo yawanawa no Festival Yawa da aldeia Mutum. Em 2013 iniciamos a dramaturgia do espetáculo Kenes, apresentamos no !ª Seminário de Pesquisa da Mitologia Indígena e Dramaturgia do Corpo em 29 de maio de 2014 no Teatro recreio. Maturando as Artes Cênicas em Cruzeiro do Sul e Rio Branco.
Apresentamos Kenes no SBPC em 2014 na Universidade federal do Acre, Maturando as Artes Cênicas II pelo Edital Amazônia Cultural do Ministério da Cultura de 2013.
        Ainda em 2014 realizamos o II Seminário da Mitologia Indígena e Dramaturgia do Corpo no dia 20 de dezembro, ainda em dezembro apresentamos na Panamazônica no Hosto Florestal. Viagem de pesquisa ao Jordâo aldeia lago Lindo, processo cênico Ikuâni.
Em 2015 realizamos durante todo ano o laboratório da Dramaturgia do Corpo, montagem do Ikuâni, realização da VII Mostra Garatuja de Dança, participação com a apresentação do processo de pesquisa no 9º Seminário da Faculdade Angel Vianna no Rio de Janeiro em outubro de 2015 com Ikuâni.
       Estreia do Ikuâni em março de 2016 e realização do projeto Maturando as Artes Cênicas III, lançamento do Documentário Mariri Yawa e diversas temporadas do Ikuâni e Saga de Yobà.
Apresentação e Circulação nos Municípios do Acre no Edital Jamaxi Cultural 2016, 2017 e 2018.
Apresentação nos bairros de Rio Branco no Gameleira Cultural 2017 espetáculos: Ikuâni e Saga de Yo bá.
        Apresentação de Ikuãni no 10º Seminário de Dança da Faculdade de Dança Angel Vianna no Rio de Janeiro de 18 a 21 de novembro de 2017.
        Projeto Encena no Arena do SESC-ACRE todos os sábados de janeiro de 2018 as 20h.
        Em março de 2018 a Cia. Garatuja fará 28 anos de arte cênica em todo o Estado do Acre.

FONTE: Texto fornecido por Regina Maciel (Companhia Garatuja de Artes Cênicas)

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

IKUÃNI E A DECODIFICAÇÃO DO COTIDIANO DA MULHER HUNI KUIN

Release Ikuãni


     Abraça o mundo inteiro, Ikuãni mulher Huni Kuin , Ikua, abraça e âni quer dizer grande.
Mulher da floresta, mulher amazonida, dona   de uma ancestralidade feminina do tempo antes do tempo, quando mundo era livre dos homens maus . Ikuãni  vive em um mundo  de liberdade, onde o ser era o ser, o ser que sente a vibração  do Nixi paem do Kene da jiboia se  mostrando um só mundo.
O trabalho cênico e teórico Ikuãni trata da decodificação da movimentação cotidiana da mulher Huni kuin*. A linguagem do corpo em movimento durante seus afazeres e sua organização estética, coreográfica e ritualística, além do canto, ocupam um lugar fundamental no desempenho do ritual das tradições indígenas, são objeto de pesquisa  profunda neste trabalho.
Por Regina Maciel.



FICHA TECNICA:
Interprete, pesquisa, e criação cênica................................Regina Maciel
Diretor Cênico...................................................................Ivan de Castela
Iluminação e Cenotecnico..................................................Edicley Araújo
Maquiagem.......................................................................Marina  Luckner
Sonoplastia.......................................................................Larissa Pontes
Produção do Espetaculo................................................... Núbia Alves
Produção da 3ª Temporada..............................................Victor Onofre
Artes visuais......................................................................Marcos Dhemuthy
Fotos...............................................................................Talita Oliveira
Contatos: Regina Maciel 068 99605-6290
ciagaratuja@yahoo.com.br